Anuncie aqui!

A Importância da Música

20 de fev de 2011
michel reis



Thiago Borba

Ministro de música, professor da EMR e diretor do Rhema Brasil em Bauru



A música faz parte da nossa vida. Conheço pessoas que não gostam de chocolate e nem de refrigerante, mas não conheço ninguém que não gosta de música. 

Ela é algo que Deus colocou em seu coração. Existe um poder sobrenatural e natural na música. Ela marca a nossa vida, é calmante e na hora certa pode mexer com a sua alma.
A música certa pode lhe deixar calmo, mas a música errada pode lhe deixar ansioso. Se você tem um chamado no corpo de Cristo, a música pode lhe ajudar a desenvolver o fluir de Deus. Se você é chamado nos cinco dons ministeriais poderá utilizar a música da forma correta e beneficiar a igreja.


A música existe desde a criação. Deus criou todas as coisas, inclusive a música. Existe um poder natural nela também. Perceba que quando alguém toca bem um instrumento você se sente bem melhor. Porém, um músico ímpio não possui a unção disponível para libertar pessoas com a música.

É fácil cantar para o Senhor. Quem tem consciência do poder dEle na sua vida, canta e se alegra na Sua eterna presença.

Seja um compositor de músicas para Deus. Se você não tem platéia para lhe assistir, Deus é sua platéia e Ele deseja lhe ouvir cantando. Quando um noivo faz uma música para a noiva e canta na cerimônia de casamento, ela fica lisonjeada. Imagina como Deus não se agrada de um novo cântico inspirado do seu coração para Ele.

A verdadeira adoração só pode vir de um verdadeiro adorador. Para isto, não é necessário ser uma pessoa com uma voz afinada, mas um filho com o coração sincero e rendido em adoração ao Senhor.

O combustível do louvor é a gratidão, mas o combustível da adoração é o amor a Deus e só quem nasceu de novo, tem comunhão com o Pai e ama a Deus, tem o amor de Deus e pode adorá-Lo.

É fácil cantar para o Senhor quando você tem consciência do poder dEle na sua vida. Quando você canta todo seu ser se envolve: Espírito, alma e corpo.

Andar em fé é louvar ao Senhor crendo no milagre e no livramento que irá acontecer. Antes de ver manifesto, louve! O louvor é fruto de um coração que crer e ele flui quando a fé em Deus estar fortalecida.

Nem sempre estamos com vontade de louvar e adorar a Deus, mas sacrifícios de louvor evidenciam sua gratidão ao Senhor por tudo que Ele já fez e tem feito por nós dia a dia. É Ele que nos sustenta, nos fortalece. Não espere mais motivos para louvar a Deus, você já tem o maior de todos: a salvação. Você é salvo, nascido de novo.

O combustível do louvor é gratidão. Louvar a Deus é render ações de graças.

A música não é o alvo, mas é o meio para adorarmos a Deus. Quando você envolve propósito misturando a música com a unção, milagres acontecem.

A Palavra de Deus pode ser gravada em seu coração através da música e no dia da angústia esta Palavra estará lá. Se você abrir sua boca e seu coração durante o cantar de canções inspiradas pelo Espírito, pode até ser liberto e curado instantaneamente.

Às vezes, chegamos a esquecer de um milagre que na ocasião foi inesquecível. Mas de uma música marcante não esquecemos.

A música consegue ir à alma, no centro das suas emoções. Ela tem a propriedade de fixar-se em sua memória. Aprendemos música mesmo sem querer. Se ela tiver em linha com a Palavra de Deus irá doutrinar pessoas. Com a música, você aprende muitas coisas de uma maneira que nem percebe.

0 comentários:

Postar um comentário

Michel Reis.